Fala acadêmicos! Bora para mais um treino?

Se você trabalha com planilhas em formato de tabela, com certeza precisou usar referência absoluta para puxar suas fórmulas e muitas vezes pode ter achado que era impossível.

O post de hoje veremos que dá sim para usar, bora lá *-*

Baixe o material para me acompanhar

Se você não sabe o que é referência absoluta e relativa no Excel, clique aqui para ver um post completo sobre isso.

No Excel nós temos células, intervalos e tabelas.

A imagem abaixo representa uma célula, localizada na coluna G, linha 5.

Uma ou mais célula selecionadas, são consideradas intervalos.

Um intervalo passa a ser considerado tabela, quando o selecionamos e na página inicial, escolhemos o recurso formatar como tabela juntamente com a cor desejada.

Para converter uma tabela em formato de intervalo, clique com o botão direito do mouse, tabela, converter em intervalo

Sendo assim as referências absolutas no Excel permite que você ao arrastar uma fórmula, o endereço da célula se mantêm, se tornam únicas. E as referências normais, são as relativas.

Na célula G6, referenciei a célula ao lado H6.

Arrastando para baixo a referencia altera o número da linha.

Para a referência relativa torna-se absoluta, usamos a tecla F4 para travar as células e assim ao arrastar, todas as células referenciam a mesma, no exemplo a célula H6.

Nas tabelas o Excel muda a identificação de uma célula ao referenciar.

Significa que ele vai procurar na tabela 1 o salário dessa linha.

Se você utilizar a versão do Excel inferior a de 2010, vai aparecer o texto: nesta linha salário.

Então por padrão se você arrastar a fórmula, o Excel entende que você quer trabalhar somente nesta linha.

Porém temos um problema, quando estamos utilizando alguma outra função, o PROCV por exemplo, e precisamos referenciar um intervalo, ao arrastar não aparece o endereço e sim o nome da tabela e da coluna.

Dá certo, pois ele nomeia a coluna com o título, não temos mais o @ que indica que é somente nesta linha.

Mas ao arrastar a fórmula para o lado, a formatação fica como referência relativa, ou seja, muda para a coluna ao lado e altera toda sua fórmula. Note que ao arrastar, ele referenciou a primeira coluna, da matrícula.

Muitos usuário digitam manualmente a referência dos dados e as trava.

Mas se você acrescentar informações em sua tabela, na maioria das vezes elas não entraram nesse intervalo e perde a eficácia de utilizar uma formatação como tabela.

Como referenciar o intervalo de maneira certa

Ao clicar no intervalo desejado, posicione o mouse sempre no título da coluna, o mouse ficará uma setinha preta.

Para travar insira mais um [ antes do [SALÁRIO], use o sinal de : e digite [SALÁRIO] e feche o ]

É uma maneira de dizer ao Excel que queremos o intervalo da coluna salário, até a própria coluna salário e não que ele deve mudar para outra coluna.

Arrastando para o lado, a referencia é mantida, torna-se absoluta.

E aí, o que achou do treino de hoje? Comente abaixo:

DESAFIO EXCEL 7D

DASHBOARDS PROFISSIONAIS
EM 7 DIAS

OU SEU DINHEIRO DE VOLTA!

Crie sua conta :)

Na próxima tela você irá completar seu cadastro e transformar seu negócio.

Precisa de ajuda?
💬 Precisa de ajuda?
Olá 👋🏽
Como podemos te ajudar?