PROCV com INDIRETO para ter uma matriz dinâmica - Academia Excel

Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar
PROCV com INDIRETO para ter uma matriz dinâmica

Treinos Avançados

PROCV com INDIRETO para ter uma matriz dinâmica

Academia Excel
Escrito por Academia Excel em setembro 4, 2020
10 min de leitura
Junte-se a mais de X pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Fala acadêmicos! Prontos para mais um treino?

Muitas vezes é necessário realizar uma busca de uma informação em mais de uma fonte de informação, nesse exemplo em mais de uma tabela. S

Sabemos que a função PROCV é capaz de realizar essa busca apenas em uma matriz tabela, hoje veremos como utilizar em múltiplas matrizes.

O uso da função INDIRETO em junção com a função PROCV irá realizar essa busca.

Na primeira tabela os vendedores, produtos e desejamos saber o valor que ele realizou. Nossa base de dados está dividida em três tabelas.

Primeiro passo: Nomear as tabelas – Intervalos nomeados

Passo 1: Selecione a tabela, na caixa de nomes digite o nome desejado. Nossa primeira tabela chamará PRODUTO_A

Passo 2: Selecione a segunda tabela, na caixa de nomes digite o nome desejado. Nossa primeira tabela chamará PRODUTO_B

Repita o mesmo processo para a terceira tabela😉

Usando as funções PROCV+INDIRETO

Fórmula: =PROCV(B7;INDIRETO(C7);2;0)

Confirme pressionando a tecla Enter e arraste a fórmula para baixo.

Entendendo as funções:

A função PROCV faz a procura na vertical, sua sintaxe é

=PROCV(valor_procurado;matriz_tabela;número_índice_coluna)

Valor procurado: é o valor a ser localizado na primeira coluna da matriz de dados, o que deseja saber em sua tabela. Em nosso exemplo o valor procurado é o nome da Esther, que está referenciado na célula B7.

Matriz tabela: é a tabela onde estarão dispostos os dados. Ao selecionar a matriz tabela, atente para o intervalo, pois deve ser a partir do seu valor procurado. Em nosso exemplo iremos usamos a função INDIRETO, buscando a célula ao lado, que contêm o mesmo nome das tabelas que foram nomeadas.

Número índice coluna: é o número da coluna que está o resultado que a função deverá retornar. O índice inicia-se em 1, sendo a primeira coluna da matriz tabela, ou seja do seu intervalo selecionado. Em nosso exemplo seria o nome: coluna 2, onde está os valores de vendas.

Procurar intervalo: é o modo que a função irá retornar os dados. É um valor lógico (Verdadeiro ou falso), que indicará se a função retornará o valor exato ou o aproximado. Utilize 0 (zero) para a procura exata do valor ou 1 (um) para pesquisa aproximada. Em nosso exemplo desejamos a correspondência exata, queremos que procure exatamente o nome do vendedor. Iremos utilizar o número 0.

E aí, o que achou do treino de hoje? Comente abaixo:

Opa,

o que você achou dessa aula? Conta pra mim 👇

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Escolha um atendente disponível 👇
×